quarta-feira, 9 de julho de 2014

Eu concordo!!!

Holanda diz que, se pudesse, não disputaria 3º lugar

"Esse jogo nunca deveria ser disputado, já disse isso há 15 anos. Mas não há o que fazer, teremos que jogar", diz Van Gaal, técnico holandêsO técnico da seleção de futebol da Holanda, Louis Van Gaal antes de jogo em Amsterdã

Louis Van Gaal: se pudesse, não disputaria o jogo pelo terceiro lugar
São Paulo - Partida que normalmente é cercada de certa melancolia por envolver duas equipes que foram derrotadas em uma fase anterior, a disputa pelo terceiro lugar não deveria acontecer, pelo menos na opinião expressada nesta quarta-feira pelo técnico da Holanda, Louis van Gaal, que terá que enfrentar o Brasil no próximo sábado no Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília.
"Esse jogo nunca deveria ser disputado, já disse isso há 15 anos. Mas não há o que fazer, teremos que jogar. Além disso, não é justo porque o adversário terá mais tempo para se recuperar", criticou Van Gaal após a derrota nos pênaltis para a Argentina no duelo de semifinal na Arena Corinthians, em São Paulo.
Há 16 anos, os holandeses também foram derrotados nas semifinais justamente pelo Brasil e disputou a terceira posição contra a Croácia, para quem perdeu por 2 a 1.
O treinador revelou que, se pudesse, teria repetido uma estratégia que deu certo na fase de quartas de final. Contra a Costa Rica, no último sábado, Van Gaal trocou de goleiros para a disputa de pênaltis, sacando Jasper Cillessen e colocando Tim Krul em seu lugar.
"Se tivesse uma quarta mudança, teria voltado a substituir o goleiro", admitiu o técnico. "É terrível perder nos pênaltis. Estávamos jogando de uma forma igual, a partida estava equilibrada", completou.
Sobre os batedores da Holanda, Van Gaal explicou que substituiu o atacante Robin van Persie, que cobrou bem contra os costarriquenhos, porque o atleta "estava exausto". Já quanto o zagueiro Ron Vlaar, que fez o primeiro chute e parou no goleiro Sergio Romero, ele justificou a escolha na boa atuação do jogador durante os 120 minutos e a confiança que ganhou com isso.
"Acreditei que ele estava muito confiante. Foi o melhor da equipe, mas não é fácil anotar um gol nos pênaltis", considerou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário